domingo, fevereiro 28, 2021
Home Esportes Sub-17: Saiba quem são os jovens craques do Brasileirão

Sub-17: Saiba quem são os jovens craques do Brasileirão

Sávio, Ângelo e Matheus Nascimento: os ‘profissas’ da Seleção Sub-17

Quem pensa que os jovens da Seleção Brasileira Sub-17 têm pouca experiência está enganado. Mesmo com a pouca idade, vários destes garotos já viveram momentos marcantes no futebol. No grupo convocado para esta preparação de novembro de 2020, em Itu (SP), a base é formada pelos campeões do Sul-Americano Sub-15 do ano passado. A Divulgação foi feita hoje (5), pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol).

Entre estes jovens garotos talentosos, um trio se destaca por já ter estreado no Brasileirão 2020 por meio de seus clubes. São eles Sávio, Ângelo e Matheus Nascimento, os ‘profissas’ da seleção Sub-17.

Saiba mais: Brasileiro assume liderança do ranking mundial de mountain bike

Apesar de, recentemente, passarem a integrar o time de cima, no dia a dia da preparação em Itu (SP), os três têm um só objetivo, o de usar essa experiência adquirida para compartilhar com seus companheiros de Seleção. Os garotos mesmo tão jovens, tem pensamentos maduros de companheirismo no futebol.

Sávio, Ângelo e Matheus Nascimento formaram o trio de ataque da Seleção Sub-15 na decisão do Sul-Americano da categoria, diante da Argentina, no ano passado.

Ângelo

Com apenas 15 anos, Ângelo entrou no decorrer de dois jogos do Santos, no Campeonato Brasileiro, diante de Fluminense e Bahia. Ele é o mais jovem atleta a disputar o torneio nesta temporada de 2020, quando muitos clubes recorreram à base para encarar a maratona pós-paralisação por conta da pandemia de Covid-19.

Saiba mais: Flamengo e Athletico-PR decidem vaga para quartas da Copa do Brasil

Ele é, inclusive, o segundo jogador mais novo a defender o Santos, perdendo apenas para o lendário Felipe Coutinho, que estreou pelo Peixe aos 14.

Aqui estão os melhores do Brasil e a gente sempre vai aprendendo. É importante a gente já ter estreado para ajudar os companheiros que ainda não subiram, mas podem subir também em breve para o profissional. Estamos muito felizes por estarmos aqui e buscamos sempre motivar os outros“, destacou Ângelo.

Matheus Nascimento

Matheus Nascimento, que atua pelo Botafogo e estreou no profissional diante do Corinthians no Brasileirão desta temporada, vem sendo destaque entre os demais. Nascimento foi o camisa 9, e conquistou juntamente com sua equipe a vitória nos pênaltis. Agora na preparação para o Torneio do ano que vem, pela Sub-17, o objetivo é buscar uma nova taça.

Nossa equipe tem muita qualidade, a gente sempre busca títulos. Estou muito feliz por este momento que vivi na Seleção. Vamos buscar mais. Vamos trabalhar forte para alcançarmos mais conquistas. O Sul-Americano foi uma fase muito boa que vivemos e isso pode se repetir“, acrescentou Matheus.

Sávio

Quem acompanha as atividades em Itu percebe o alto nível de entrega dos atletas nos treinamentos. Sávio tem 16 anos e já atuou seis vezes no Brasileirão pelo Atlético-MG. Nesta temporada, ele já foi até titular entre os adultos. Com a experiência que já adquiriu, ele faz uma analogia com o trabalho na Seleção Sub-17.

Profissional ou base. Todo mundo joga o mesmo futebol, com alegria sempre. Tem que dar o máximo, o seu melhor, não tem bola perdida. Todos têm muito compromisso. Ser convocado para a Seleção Brasileira é muito bom. Venho tentando ajudar meus amigos que estão no Sub-20, Sub-17 e estou sempre conversando com eles“, finalizou o atacante do Atlético-MG.

Visão Técnica

O técnico Paulo Victor Gomes conhece bem o potencial do trio, observado e convocado constantemente para a Seleção Brasileira desde a categoria Sub-15. Ele elogia a qualidade dos meninos, mas ressalta que ainda são atletas em maturação física e técnica.

Eles são jogadores de muito potencial. Assim como todos os convocados para essa Seleção, estão entre os melhores na sua faixa etária. No entanto, como são muito jovens, é preciso dar o tempo certo em cada etapa. A Seleção é fundamental nesse processo de formação. Vivenciar o dia a dia entre os profissionais, deixa os meninos mais seguros e confiantes. Eles trazem essa motivação extra para a Seleção”, analisa o treinador brasileiro.

 

Fonte: CBF

Popular

ONU alerta para agravamento da insegurança alimentar na América Central

O nível de insegurança alimentar está aumentando fortemente na América Central, onde quatro países enfrentam crises econômicas motivadas pela pandemia do novo coronavírus e catástrofes...

Netflix acrescenta novo filme sobre Pelé no rol de documentários

Um novo filme sobre Pelé é o mais recente lançamento de uma série de documentários que tem sido descrita como a era de ouro...

Flamengo vence Inter de virada e assume a liderança do Brasileiro

O Flamengo venceu o Internacional de virada por 2 a 1 na tarde deste domingo (21) no Maracanã em partida válida pela 37ª rodada do Campeonato...

Após 9º título do Australian Open, Djokovic desabafa sobre críticas: “Sou um ser humano”

Na manhã deste domingo (21), no horário de Brasília, o sérvio Novac Djokovic venceu o russo Daniil Medvedev na final do Aberto da Austrália,...