Sherlock Holmes existiu de verdade?

Sherlock Holmes existiu ou é apenas um personagem da literatura

Sherlock Holmes em ilustração de 1904 por Sidney Paget. Foto: Divulgação/Wikipédia. 

Um detetive muito famoso no mundo da literatura, mas será que realmente Sherlock Holmes existiu?

Afinal, Sherlock Holmes existiu?

Uma das maiores dúvidas do mundo literário é se Sherlock Holmes existiu mesmo ou se ele não passa de um personagem da literatura. Para a decepção dos fãs, o personagem só existe na literatura. Mas sua figura icônica foi inspirada em uma pessoa real.

Em quem Sherlock Holmes foi inspirado?

O criador de Sherlock Holmes é Sir Arthur Conan Doyle, um escritor e médico britânico, que nasceu na Escócia em 1859. O ator ficou famoso por suas grandes histórias envolvendo o detetive, inspirado no seu professor de medicina na Universidade de Edimburgo, o Dr. Joseph Bell.

Quem foi Joseph Bell?

Nascido em 1837, na capital escocesa, Joseph se formou na Universidade de Edimburgo, onde posteriormente veio a dar aula e conheceu Sir Arthur Conan Doyle. Joseph era especialista em cirurgia e chegou até a servir como cirurgião particular da Rainha Vitória.

Além disso, era apaixonado pela natureza, principalmente por jardins e flores. Também era fascinado pela literatura, que se arriscava de vez em quando, sendo um poeta amador. Por conta das experiências, Joseph apresentava uma incrível capacidade de observação.

Inclusive, sua habilidade de observador era uma das coisas que seus alunos mais admiravam. Essa característica do professor era possível perceber em como ele analisava os gestos e a forma como as pessoas se moviam, para entender melhor quem era seu paciente.

Joseph também treinou sua audição para conseguir distinguir pequenas diferenças nos sotaques das pessoas, além de analisar as mãos dos indivíduos para identificar a profissão que exerciam.

Sherlock Holmes x Joseph Bell

Além da habilidade de observação, Joseph também inspirou Sherlock em alguns aspectos físicos. Por exemplo, o brilho astuto dos olhos, o nariz e o queixo angulares e sua testa alta. Também é semelhante a maneira como professor e personagem incentivam seus companheiros.

A trajetória do escritor Sir Arthur Conan Doyle

Arthur Ignatius Conan Doyle nasceu no dia 22 de maio de 1859, em Edimburgo, na Escócia e faleceu no dia 7 de julho de 1930, em Crowborough, East Sussex, na Inglaterra. Ficou mundialmente famoso por suas 60 histórias de Sherlock Holmes.

Seu trabalho foi considerado uma revolução no campo da literatura criminal. O escritor lançou trabalhos de ficção científica, novelas históricas, peças e romances, poesias e obras de não-ficção ao longo da sua trajetória.

 Sir Arthur Conan Doyle viveu e escreveu grande parte das suas histórias, como as do detetive Sherlock Holmes, no bairro elegante Southsea, localizado em Portsmouth, Inglaterra.

Além dos livros, o detetive também conquistou o mundo do audiovisual, tendo séries e filmes especialmente feitos sobre ele e suas aventuras, além de séries que abordam outros personagens que aparecem em suas histórias

Com informações do Tag Livros.