segunda-feira, março 1, 2021
Home Esportes Seleção Feminina disputa seu último jogo do ano, nesta terça-feira

Seleção Feminina disputa seu último jogo do ano, nesta terça-feira

Seleção Brasileira emplacou 6 gols contra o Equador no último jogo de sexta-feira (27); Amanhã será o último jogo de 2020

Amanhã (1), a seleção brasileira feminina enfrentará o Equador no Estádio Morumbi, às 21h30, com transmissão no canal SporTV. O duelo encerra o calendário da Seleção Brasileira no ano de 2020.

Hoje foi o último treino antes do jogo de amanhã. As jogadoras estão sendo revezadas pela técnica Sueca Pia, e de todas as atletas convocadas 70% já atuaram pela Seleção Brasileira Feminina. Segundo a comissão técnica, o objetivo é dar efetivas oportunidades para as jogadoras nos períodos de convocação.

Saiba mais: Lenda do futebol mundial, Diego Armando Maradona morre após parada cardiorrespiratória

Independente de qual seja o objetivo, o restado está dando certo. No último jogo preparatório para os Jogos Olímpicos de Tóquio (adiados para 2021 pela pandemia), as Brasileiras emplacaram 6 golaços e não levaram nenhum das Equatorianas.

O jogo de sexta

Antes da bola rolar, as jogadoras respeitaram um minuto de silêncio em homenagem ao ídolo do futebol mundial, Maradona, e às vítimas da Covid-19. Depois do apito, o Brasil tomou conta do jogo.

Saiba mais: Final inédita do Brasileirão Feminino: Corinthians e Avaí/Kindermann

A primeira boa chance veio com a artilheira Debinha, que aproveitou a sobra após cobrança de escanteio, mas parou na goleira Morán, aos 13. Na sequência, Andressa Alves também assustou para a Canarinho. Já aos 20, o embate entre Debinha e arqueira equatoriana voltou a acontecer e de novo Morán fez grande defesa.

Mas a camisa 9 da Seleção teve mais uma chance, aos 33. E se a primeira e segunda tentativa não encontraram as redes. Na terceira, a atacante encheu o pé em mais uma sobra de escanteio e por pouco não abriu um buraco na meta adversária: 1 a 0. Cinco minutos depois, Bruna Benites de cabeça quase marcou o segundo do Brasil. Enquanto, aos 44, Andressa Alves fez o levantamento na área e novamente Debinha chegou com perigo.

Na volta do intervalo, a Canarinho manteve o controle do jogo, mas com dificuldades para furar o bloqueio equatoriano optou pelos chutes de fora da área com Andressa Alves e Adriana.

Na marca dos 17, após jogada bem trabalhada pela direita, Valéria cruzou rasteiro, a bola passou na frente da meta e ninguém chegou para completar. Em lance parecido, aos 24, Duda fez o cruzamento e Debinha por centímetros não marcou o segundo dela na partida. No minuto seguinte, Andressinha experimentou o arremate de média distância, que passou rente à meta adversária.

Na reta final do segundo tempo, o Brasil voltou a ter o espaços e aproveitou. Aos 32, em jogada no melhor estilo brazuca, Formiga tocou para Nycole, que escorou para Debinha fazer 2 a 0.

E não parou por aí. Um minuto depois, em mais uma boa troca de passes, Nycole deixou para Duda, a camisa 18 colocou a bola na área e Valéria mandou para o fundo do gol. Sem tirar o pé do acelerador, a Seleção chegou ao quarto com Rafaelle após cruzamento de Andressinha, aos 37.

E aos 39, Debinha de pênalti fez mais um. E, já aos 42, Duda bateu colocado da entrada da área para fechar a conta na Neo Química Arena: 6 a 0.

Popular

ONU alerta para agravamento da insegurança alimentar na América Central

O nível de insegurança alimentar está aumentando fortemente na América Central, onde quatro países enfrentam crises econômicas motivadas pela pandemia do novo coronavírus e catástrofes...

Netflix acrescenta novo filme sobre Pelé no rol de documentários

Um novo filme sobre Pelé é o mais recente lançamento de uma série de documentários que tem sido descrita como a era de ouro...

Flamengo vence Inter de virada e assume a liderança do Brasileiro

O Flamengo venceu o Internacional de virada por 2 a 1 na tarde deste domingo (21) no Maracanã em partida válida pela 37ª rodada do Campeonato...

Após 9º título do Australian Open, Djokovic desabafa sobre críticas: “Sou um ser humano”

Na manhã deste domingo (21), no horário de Brasília, o sérvio Novac Djokovic venceu o russo Daniil Medvedev na final do Aberto da Austrália,...