domingo, fevereiro 28, 2021
Home Variedades Como Santos Dumont popularizou o uso do relógio de pulso

Como Santos Dumont popularizou o uso do relógio de pulso

Brasileiro cronometrava voos com equipamento inventado no começo do século 19

Segundo historiadores, o primeiro modelo do que seria o popular relógio de pulso foi feito no ano de 1814 pelo relojoeiro Abraham Louis Breguet. Abraham teria feito esse relógio por encomenda de Carolina Murat, a princesa de Nápoles e irmã do famoso Napoleão Bonaparte.

Cerca de 54 anos mais tarde, em 1868, Antoni Patek e Adrien Philippe, fundadores da empresa suíça Patek-Phillipe, conhecida até os dias atuais por seus relógios e artigos de luxo. O então novo modelo de relógio, tornou-se uma enorme tendência. Mas convém lembrar, que primeiramente era um popular adereço feminino.

Saiba mais: Quem é o ator Marcelo Ribeiro, o jovem talento da novela ‘Amor de Mãe’?

Mas como o relógio de pulso ficou popular entre os homens?

Essa história tem um personagem muito conhecido entre os brasileiros, ninguém menos que Santos Dumont. Segundo historiadores, o pai da aviação, queria cronometrar seu tempo de voo, contabilizar suas experiências e queria um relógio que não precisa segurar com as mãos, pois estava sempre com as mãos ocupadas.

Nesse tempo, os relógios ficavam nos bolsos dos homens, presos a uma corrente e para olhar as horas, tinha que pegá-lo. Foi então que ele pediu ao seu amigo joalheiro, Louis Cartier, que lhe fizesse um relógio de pulso especial, porque tinha dificuldade em tirar de maneira constante o relógio de bolso e assim encomendou um modelo de relógio, que ficasse fixo no braço.

Saiba mais: Livro de Xuxa com proposta LGBTQIA+ para crianças é criticado nas redes

A coleção de relógios de Santos Dumont virou um acervo apreciativo e até hoje está preservada, essa coleção já tem mais de um século de existência e é considerada uma relíquia pelos amantes de relógios.

O relógio se tornou uma referência muito importante para Cartier, ele produziu 10 peças em homenagem ao aviador a partir daquele primeiro protótipo onde no mostrador aparecia a assinatura e o rosto do inventor do avião.

Com essa invenção, o pai da aviação, conseguiu cronometrar voos e olhar as horas sem deixar de pilotar o avião. Segundo relatos, o relógio de pulso de Cartier era moderno para a época, tinha os cantos arredondados e contorno proporcional às presilhas da pulseira.

As horas indicadas em números romanos, tinham uma linha dupla onde se indicava os minutos, contribuindo assim para que o mostrador fosse forte e de impacto gráfico.

Primeira Guerra Mundial

Outro evento importante para a popularização do relógio de pulso, foi a Primeira Guerra Mundial. Conta-se a história que vários soldados aderiram ao relógio de pulso, pois os precisavam saber de maneira exata as horas e no pulso era muito mais fácil.

Independentemente de sua origem, o relógio de pulso é uma invenção importante e  popular até os dias atuais. Sendo usado tanto por homens quanto para mulheres e crianças. É um acessório indispensável, seja ele moderno como o Apple Watch, ou sendo o modelo convenciona onde só se tem as horas.

Popular

ONU alerta para agravamento da insegurança alimentar na América Central

O nível de insegurança alimentar está aumentando fortemente na América Central, onde quatro países enfrentam crises econômicas motivadas pela pandemia do novo coronavírus e catástrofes...

Netflix acrescenta novo filme sobre Pelé no rol de documentários

Um novo filme sobre Pelé é o mais recente lançamento de uma série de documentários que tem sido descrita como a era de ouro...

Flamengo vence Inter de virada e assume a liderança do Brasileiro

O Flamengo venceu o Internacional de virada por 2 a 1 na tarde deste domingo (21) no Maracanã em partida válida pela 37ª rodada do Campeonato...

Após 9º título do Australian Open, Djokovic desabafa sobre críticas: “Sou um ser humano”

Na manhã deste domingo (21), no horário de Brasília, o sérvio Novac Djokovic venceu o russo Daniil Medvedev na final do Aberto da Austrália,...