quinta-feira, dezembro 8, 2022
HomeNacionalQual o significado da bandeira Imperial do Brasil?

Qual o significado da bandeira Imperial do Brasil?

Entenda qual o real significado e toda a história da Bandeira Imperial do Brasil 

A Bandeira Imperial do Brasil desde sua criação teve duas versões, uma em 1822 e a outra em 1889. Ambas possuíam seu fundo verde com losango amarelo. Sua primeira versão foi desenhada pelo desenhista, pintor e professor francês Jean-Baptiste Debret.

A evolução da Bandeira Imperial do Brasil 

Com o fundo verde e losango amarelo, a primeira versão da bandeira vigorou do dia 18 de setembro a 1 de dezembro de 1822, e apresentava no centro um brasão com uma coroa de fundo na cor vermelha.

Ainda em 1822, Dom Pedro I solicitou algumas modificações na primeira versão da bandeira, por meio de um decreto. A principal mudança solicitada foi a alteração da cor do fundo da coroa, que passou a ser verde.

Qual significado da Bandeira Imperial do Brasil?

Existem algumas hipóteses dos significados da Bandeira Imperial do Brasil, mas não há nada que comprove. De qualquer forma, as suposições mais aceitas são:

  • A cor verde era a representação da Casa de Bragança, dinastia que Dom Pedro I fazia parte;
  • A cor amarela consistia na representação do outra das riquezas minerais presentes no solo brasileiro;
  • Os ramos do café e tabaco representavam os principais produtos agrícolas comercializados no Brasil Imperial;
  • A coroa representava e simbolizado o regime monárquico;
  • A Cruz da Ordem de Cristo representava o cristianismo no Brasil e a afirmação da religião católica como a oficial do país.

Bandeira brasileira atual

atual bandeira do brasil

A bandeira do Brasil da atualidade foi desenhada por Raimundo Teixeira Mendes, Miguel Lemos e Décio Vilares. Além de trazer as cores, a atual bandeira também mostra todos os estados brasileiros por meio de estrelas.

A posição das estrelas segue fielmente as posições vistas no céu do Rio de Janeiro, pelo astrônomo Manuel Pereira Reis, que trabalhava no Observatório do Rio de Janeiro.

Em 1992 foi determinada pela Lei nº 8.421, que caso um estado seja extinto ou um novo estado seja criado, a bandeira deverá ser atualizada para manter corretamente o número de estrelas.

Além disso, outra característica da bandeira nacional atual é o seu lema “Ordem e progresso”. O lema é baseado no positivista francês Auguste Comte: “O amor como princípio e a ordem como base; o progresso como meta”.

 

Com informações: Exame.

Popular