terça-feira, maio 18, 2021
Home Educação Hungria oferece 250 bolsas de ensino superior a brasileiros

Hungria oferece 250 bolsas de ensino superior a brasileiros

Inscrições começam no próximo dia 16 para cursos com início em setembro de 2021

Por meio de um acordo de cooperação técnica entre o Ministério da Educação (MEC) e o Ministério dos Negócios Estrangeiros e do Comércio Exterior da Hungria, o programa Stipendium Hungaricum (SH) irá oferecer 250 bolsas para estudantes brasileiros para o ano letivo 2021/2022, segundo divulgação feita nesta sexta-feira (6).

O período de inscrições é de 16 de novembro de 2020 a 15 de janeiro de 2021 e estas poderão ser realizadas no site www.stipendiumhungaricum.hu, para os cursos que começam em setembro de 2021. Ao todo serão ofertadas 750 bolsas, por meio do acordo de cooperação técnica no período de 2020 a 2022, para estudantes brasileiros.

Saiba mais: Fies: Candidatos não matriculados têm até esta terça para se inscrever

O programa é coordenado pela Fundação Tempus e conta com mais de 60 países parceiros em todo o mundo. As bolsas contemplam cursos de graduação, mestrado, doutorado, cursos preparatórios em húngaro e cursos de especialização. As áreas acadêmicas de destaque são as ciências naturais e agrárias, além de cursos de engenharia, incluindo estudos nucleares.

Bolsas

O programa SH prevê a isenção de taxas universitárias, auxílio mensal de 390 a 500 euros para alunos de doutorado e de 120 euros para alunos de graduação e mestrado, durante o período de estudos. As bolsas, também, incluem alojamento gratuito ou uma ajuda de custo para acomodação no valor de 110 euros.

Saiba mais: Historiadora identifica texto inédito de Machado de Assis

Os selecionados ainda têm direito a seguro médico no sistema público de saúde da Hungria e, também, recebem uma carteira de estudante que dá direito a descontos no transporte público, museus e eventos. A legislação húngara permite 24 horas semanais de trabalho para quem possuir permissão de residência como estudante no país.

Requisitos e candidatura

Para candidatar-se o aluno deverá ter 18 anos completos até o dia 31 de agosto do ano em que for iniciar seus estudos na Hungria. Também, é necessário apresentar um certificado de proficiência em língua inglesa, pelo menos de nível intermediário, emitido por qualquer instituição de idiomas.

Os interessados terão a oportunidade de escolher entre as opções de uma lista de quase 30 instituições de ensino húngaras e mais de 450 cursos em inglês, nas mais variadas áreas. Há, ainda, a possibilidade de estudar em outras línguas, como alemão ou francês, ou até mesmo em húngaro. A lista completa de cursos acessíveis para os estudantes de cada país parceiro irá constar nos editais e pode ter variações de um ano para o outro.

O Stipendium Hungaricum

O Stipendium Hungaricum, sendo o programa de bolsas de estudo de ensino superior de maior prestígio do governo húngaro, oferece uma ampla variedade de cursos para estudantes internacionais de excelente histórico acadêmico.

A bolsa visa apoiar a internacionalização do ensino superior húngaro e seu desenvolvimento constante, para fortalecer as relações internacionais da comunidade acadêmica e de pesquisa e promover a boa reputação e competitividade do ensino superior húngaro em todo o mundo.

Fundado pelo Governo húngaro em 2013, o programa é supervisionado pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros e Comércio e gerido pela Fundação Pública Tempus.

É baseado em acordos bilaterais de educação entre a Hungria e os governos dos países de envio, e já está disponível em cinco continentes em aproximadamente 70 países, atraindo mais de 5.000 estudantes internacionais a cada ano. Os candidatos são oferecidos mais de 500 programas de graduação completos, cobrindo todas as áreas de ensino superior em todos os níveis de graduação, incluindo programas de meio período e doutorado.

Popular

Olimpíada de Tóquio está confirmada mesmo com piora da covid-19 no Japão

A chefe da Olimpíada de Tóquio, Seiko Hashimoto, disse nesta sexta-feira (16) que o Japão está comprometido a realizar Jogos seguros no verão local,...

OMS: taxa de infecção por covid-19 está próxima do valor mais alto

O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom, disse hoje (16) que o número de novos casos de covid-19 por semana, em...

1,5 milhão de brasileiros estão com segunda dose da vacina contra covid-19 atrasada

Cerca de 1,5 milhão de brasileiros estão com a segunda dose da vacina contra a covid-19 atrasada. O dado foi trazido nesta terça-feira (13)...

Caixa inicia pagamento do auxílio emergencial a nascidos em abril

Trabalhadores informais nascidos em abril começam a receber hoje (13) a nova rodada do auxílio emergencial. O benefício terá parcelas de R$ 150 a...