sábado, maio 15, 2021
Home Economia PIX: Tudo o que que você precisa saber sobre novo meio de...

PIX: Tudo o que que você precisa saber sobre novo meio de pagamentos

Modalidade criada pelo Banco Central entrou em fase de cadastro nesta semana

O PIX, novo meio de pagamento criado pelo Banco Central, começou o período de cadastramentos nesta semana e, de acordo com o cronograma, vai funcionar a partir do dia 16 de novembro em todo o país.

Os pagamentos instantâneos vão aprimorar a experiência de pagamento dos usuários, tanto pagadores quanto recebedores: para os primeiros, o objetivo é construir soluções que permitam a realização de realizar transações simples, intuitivas e ágeis. Para os recebedores, a chance de ter mais recursos disponíveis em menos tempo.

Saiba mais: Dia das Crianças: Como não cair em golpes pela Internet?

Os pagadores poderão pagar de pelo menos três formas diferentes:

  • Por meio da utilização de Chaves ou apelidos para a identificação da conta transacional, como, por exemplo, o número do telefone celular, o CPF ou um endereço de e-mail;
  • Por QR Codes (estáticos ou dinâmicos);
  • Por tecnologias que permitam a troca de informações por aproximação, como a tecnologia near-field communication (NFC).

Sendo assim, os usuários de qualquer instituição financeira cadastrada no Banco Central do Brasil poderão realizar suas operações como transferências e pagamentos, 24 horas por dia e sete dias por semana, com o recebimento da quantia quase na mesma hora em que foi transferido. Bastando apenas ter a chave da pessoa receptora do dinheiro.

Saiba mais: Valor de produção agrícola bate recorde em 2019, mostra IBGE

Mas, afinal como cadastrar as chaves? Basta acessar o aplicativo do banco onde você possui conta, procurar o espaço onde está a seção PIX e fazer o registro vinculando número de celular, e-mail, CPF/CNPJ, ou a chave aleatória que consiste na criação do QR Code.

Esses dados ficarão registrados em uma plataforma operada pelo Banco Central, o Diretório Identificador de Contas Transacionais (CICT).

O PIX só vai funcionar para quem possuir conta em algum banco?

De acordo com o BC, o cliente não precisará ter conta bancária: basta abastecer a carteira digital do PIX para enviar e receber o dinheiro. Ela funcionará como uma conta digital, segundo a entidade.

A vantagem de ter cadastro no PIX é a rapidez das operações, além da liberdade dos clientes não precisarem depender do expediente bancário para receberem algum dinheiro ou transferirem. Além de trazer ao Brasil a rede das transações 24 horas por dia, inclusive aos finais de semana e feriados.

Ao todo 922 instituições financeiras, fintechs e cooperativas se cadastraram no Pix  até ontem (5), e estão recebendo os cadastros de chaves de seus clientes. As opiniões sobre o novo modo de pagamento instantâneo dividi opiniões sobre a segurança de todo o procedimento. O BC, garante que as mesmas medidas de segurança, tais como formas de autenticação e criptografia, adotadas na realização de outros meios de pagamento, como TEDs e DOCs, serão adotadas pelas instituições para o tratamento das transações via PIX.

Popular

Olimpíada de Tóquio está confirmada mesmo com piora da covid-19 no Japão

A chefe da Olimpíada de Tóquio, Seiko Hashimoto, disse nesta sexta-feira (16) que o Japão está comprometido a realizar Jogos seguros no verão local,...

OMS: taxa de infecção por covid-19 está próxima do valor mais alto

O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom, disse hoje (16) que o número de novos casos de covid-19 por semana, em...

1,5 milhão de brasileiros estão com segunda dose da vacina contra covid-19 atrasada

Cerca de 1,5 milhão de brasileiros estão com a segunda dose da vacina contra a covid-19 atrasada. O dado foi trazido nesta terça-feira (13)...

Caixa inicia pagamento do auxílio emergencial a nascidos em abril

Trabalhadores informais nascidos em abril começam a receber hoje (13) a nova rodada do auxílio emergencial. O benefício terá parcelas de R$ 150 a...