terça-feira, maio 18, 2021
Home Ciência Perseverance pousa com sucesso em Marte

Perseverance pousa com sucesso em Marte

Ministro Marcos Pontes acompanhou pouso da nova sonda

Chegou ao fim a contagem regressiva para o pouso da sonda que colocará o veículo semi-automatizado Perseverance, da Nasa, a agência espacial norte-americana, em solo marciano. O pouso ocorreu na última quinta-feira quinta feira (18), às 18h15 (horário de Brasília).

Marte está atualmente a 126 milhões de milhas da Terra. Os sinais de rádio, viajando na velocidade da luz, levam mais de 11 minutos para viajar de lá para cá. Isso significa que quando a mensagem anunciando o início da sequência de pouso chegou à Terra, o rover já estava em Marte há quatro minutos. A única incerteza era se ele havia chegado com segurança inteira ou se espatifado em  pedaços.
A Perserverance pousou no que já foi, um dia, o delta de um rio. A região é conhecida como Cratera de Jezero.

A Perseverance é um robô cheio de tecnologias enviado para pesquisar solo e atmosfera do planeta vermelho. Além de avançar nos conhecimentos sobre a geologia de Marte, a missão tem por objetivo procurar sinais de vida antiga no planeta vizinho. Para isso, carrega sete instrumentos com o que há de mais avançado em termos de imagens, análises químicas e de minérios, além de espectrômetros e outras tecnologias. Entre os experimentos que serão conduzidos pela Perseverance está a produção artificial de oxigênio na atmosfera de Marte.

A meta é ampliar os conhecimentos sobre o planeta, de forma a viabilizar futuras explorações. A Perseverance pesa por volta de uma tonelada. Ela tem cerca de 3 metros de comprimento, 2,7 metros de largura; e 2,2 metros de altura – medidas equivalentes a um pequeno carro popular.

A chegada da sonda Perseverance, que foi autônoma durante grande parte do processo de pouso na superfície do planeta, pode ser vista na íntegra diretamente do centro de controle da Nasa. O Ministério de Ciência e Tecnologia também acompanhou, em tempo real, a chegada do veículo.

Engenhosidade

A Perseverance carrega outra inovação, além dos equipamentos avançados de análise científica. É o drone Ingenuity (Engenhosidade, em tradução livre) – um pequeno helicóptero, também semi-autônomo, que será a primeira aeronave a voar fora do planeta Terra. O veículo será usado para avaliar terrenos e guiar, a partir de análises aéreas, possíveis rotas otimizadas para veículos terrestres. O pequeno helicóptero também é equipado com câmeras e lentes específicas para a atmosfera repleta de partículas sólidas flutuantes, como a encontrada em Marte.

Segundo a missão de controle da Nasa, fotos em alta resolução da Perseverance devem começar a chegar ainda hoje. A agência divulgou a primeira imagem capturada pela Perseverance em redes sociais. Na mensagem, a equipe brinca com o termo “Hello World”, jargão usado em testes de funcionamento de programação, e afirma “Minha primeira observação da minha casa pela eternidade.”

O Perseverance irá perfurar amostras de rocha, selá-las em tubos e depois jogá-las na superfície. Um rover posterior, da Agência Espacial Europeia, irá refazer o caminho do Perseverance para pegar os tubos e transferi-los para um pequeno foguete que irá decolar para o espaço. As amostras serão então transferidas para outra espaçonave em órbita ao redor de Marte para a viagem de volta à Terra, em algum momento no início de 2030.

Perseverança foi o terceiro visitante robótico da Terra a chegar ao planeta vermelho neste mês. Na semana passada, duas outras espaçonaves, Hope dos Emirados Árabes Unidos e Tianwen-1 da China, entraram em órbita ao redor de Marte.

Voar em Marte não é um empreendimento trivial. Não há muito ar para gerar sustentação. Na superfície de Marte, a atmosfera é apenas 1/100 da densidade da Terra. Outro problema diagnosticado é o ar rarefeito, que pode ser um problema para que espaçonaves possam decolar. Ao que tudo indica, a experiência em Marte ainda guarda surpresas.

Popular

Olimpíada de Tóquio está confirmada mesmo com piora da covid-19 no Japão

A chefe da Olimpíada de Tóquio, Seiko Hashimoto, disse nesta sexta-feira (16) que o Japão está comprometido a realizar Jogos seguros no verão local,...

OMS: taxa de infecção por covid-19 está próxima do valor mais alto

O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom, disse hoje (16) que o número de novos casos de covid-19 por semana, em...

1,5 milhão de brasileiros estão com segunda dose da vacina contra covid-19 atrasada

Cerca de 1,5 milhão de brasileiros estão com a segunda dose da vacina contra a covid-19 atrasada. O dado foi trazido nesta terça-feira (13)...

Caixa inicia pagamento do auxílio emergencial a nascidos em abril

Trabalhadores informais nascidos em abril começam a receber hoje (13) a nova rodada do auxílio emergencial. O benefício terá parcelas de R$ 150 a...