domingo, fevereiro 28, 2021
Home Esportes Lenda do futebol mundial, Diego Armando Maradona morre após parada cardiorrespiratória

Lenda do futebol mundial, Diego Armando Maradona morre após parada cardiorrespiratória

Maior jogador do futebol argentino, jogador se recuperava de uma cirurgia no cérebro em Buenos Aires

Um dos maiores nomes do futebol mundial em todos os tempos, Diego Armando Maradona faleceu nesta quarta-feira (25), aos 60 anos. Segundo a Télam, agência pública de notícias da Argentina, o ex-jogador sofreu um ataque cardiorrespiratório em casa, na cidade de Tigre, zona norte da região metropolitana da capital Buenos Aires.

No início de novembro, Maradona foi submetido a uma cirurgia no cérebro para drenar um hematoma subdural. Por decisão da família, permaneceu hospitalizado devido a uma “baixa anímica, anemia e desidratação” e um quadro de abstinência devido ao vício em álcool, conforme informes médicos. Ele teve, inclusive, que ficar sedado. Após isso, teve alta no último dia 11 para continuar a recuperação em casa.

Saiba mais: Final inédita do Brasileirão Feminino: Corinthians e Avaí/Kindermann

A intervenção, arriscada pelo delicado estado de saúde do ex-jogador, foi levada a cabo por uma equipe comandada por Luque. Os hematomas subdurais são geralmente causados por lesões na cabeça, que podem romper vasos sanguíneos e gerar nódulos de sangue entre o cérebro e o crânio.

Na ocasião, cerca de 50 torcedores zelaram pela saúde de Maradona em frente à Clínica Olivos, na periferia de Buenos Aires, e comemoraram ao saber, por meio da mídia, do sucesso da intervenção. “Diego, Diego!”, gritavam de felicidade.

O carinho dos torcedores, também foi visto dias antes, quando dezenas de fanáticos por futebol e torcedores do Gimnasia y Esgrima passaram pelo exterior do hospital para dar apoio a Maradona. Bandeiras com seu rosto e cartazes com mensagens de apoio ou frases popularizadas pelo ídolo foram exibidos durante a jornada em frente à porta do hospital, onde também fizeram pinturas no asfalto.

Uma lenda do futebol

Foto: Wikimedia Commons/Divulgação

Considerado o maior nome da história do futebol argentino, Maradona foi o grande nome da conquista albiceleste na Copa do Mundo de 1986. Na ocasião, ficou marcado por um gol de mão – que ele próprio apelidou de “Mano de Dios” (mão de Deus) – contra a Inglaterra e por outro, na mesma partida, que é considerado o mais bonito da história dos Mundiais, em que driblou quase todo o time inglês antes de balançar as redes.

Ele também brilhou vestindo, principalmente as camisas de Barcelona (Espanha), Napoli (Itália) – onde é venerado – e do Boca Juniors (Argentina), time do coração. Chegou a dirigir a seleção do país na Copa de 2010, sendo eliminado nas quartas de final pela Alemanha.

Problemas com as drogas

Fora de campo, no entanto, o ex-jogador acumulou problemas com drogas. Em 1991, Maradona foi suspenso por 15 meses por uso de cocaína. Três anos depois, na Copa do Mundo de 1994, o ídolo foi pego no doping por uso de efedrina, chegando inclusive a sair de campo, durante uma partida acompanhado por uma enfermeira.

No início dos anos 2000, após ingerir um coquetel de remédios, o ex-atleta entrou em coma e esteve perto da morte.

Foto: Paulo Pinto/FotosPublicas

Maradona era técnico do Gimnasia Y Esgrima, de La Plata (Argentina), mas estava afastado devido ao tratamento de saúde. Ele deixa dois filhos (Diego e Diego Fernando) e três filhas (Dalma, Gianinna, Jana). O governo da Argentina declarou luto oficial de três dias.

Popular

ONU alerta para agravamento da insegurança alimentar na América Central

O nível de insegurança alimentar está aumentando fortemente na América Central, onde quatro países enfrentam crises econômicas motivadas pela pandemia do novo coronavírus e catástrofes...

Netflix acrescenta novo filme sobre Pelé no rol de documentários

Um novo filme sobre Pelé é o mais recente lançamento de uma série de documentários que tem sido descrita como a era de ouro...

Flamengo vence Inter de virada e assume a liderança do Brasileiro

O Flamengo venceu o Internacional de virada por 2 a 1 na tarde deste domingo (21) no Maracanã em partida válida pela 37ª rodada do Campeonato...

Após 9º título do Australian Open, Djokovic desabafa sobre críticas: “Sou um ser humano”

Na manhã deste domingo (21), no horário de Brasília, o sérvio Novac Djokovic venceu o russo Daniil Medvedev na final do Aberto da Austrália,...