sexta-feira, fevereiro 26, 2021
Home Variedades Livro de Xuxa com proposta LGBTQIA+ para crianças é criticado nas redes

Livro de Xuxa com proposta LGBTQIA+ para crianças é criticado nas redes

“Maya – Bebê Arco-íris” traz a história de uma bebê que está no céu aguardando a família ideal para descer à Terra

A famosa foi duramente atacada e não se calou às críticas que tem recebido diretamente.
Xuxa Meneghel usou o Instagram, no mês passado para fazer um desabafo. Após lançar um livro infantil que traz um casal de lésbicas entre os personagens principais, a rainha dos baixinhos teve que lidar com muitas críticas.

Então contratada da Record, que é uma emissora evangélica, a loira foi acusada de ser uma péssima influência às crianças. Porém, ela afirma que não tem se abalado com as críticas, porque segundo ela, as pessoas ‘estão julgando o livro pela capa’.

De acordo com jornalistas de Celebridades dos Portais de Notícias, Xuxa Meneghel não vai participar do amigo secreto da Record, o programa ‘Família Record’ é exibido pela emissora dia 23 de dezembro. E o contrato dela com a emissora chega ao fim, neste mês de dezembro.

Saiba mais: Quem é o ator Marcelo Ribeiro, o jovem talento da novela ‘Amor de Mãe’?

O livro Maya eu escrevi pensando em tudo que Sasha me falava quando era bebê. Ela me contava com detalhes que tinha asas coloridas, que Deus pediu para ela escolher seus pais e suas mães”, escreveu Xuxa em sua rede social.

Estou sendo criticada por pessoas que nem leram e estou sendo acarinhada e respeitada por quem já leu e entendeu que a única linguagem que Deus entende é o amor”, continuou dizendo a apresentadora, que se inspirou em um casal de amigas para compor a história.

Saiba mais: Disney + apresenta série da National Geographic sobre o parque Animal Kingdom

A ideia de escrever o livro surgiu durante esse ano, durante o isolamento. Este é o segundo livro que a “rainha dos baixinhos” lança esse ano. Xuxa contou que hospedou por alguns meses um casal de amigas homossexuais, Vanessa e Fabi, e a filha delas, Maya, que é também sua afilhada.

Segundo Meneghel, a polêmica seria entorno da família da protagonista ser formada por duas mamães. E em sua história, Xuxa quer mostrar como as crianças nascem puras e livres de qualquer tipo de preconceito.”Só quero que as crianças, através de seus pais, entendam que DEUS é amor.” disse em entrevista a UOL.

Saiba mais: “A Maldição da Mansão Bly”: série de terror da Netflix que conquistou o Brasil

Por outro lado, como o público de Xuxa é formado pela comunidade LGBTQIA+, ela recebeu grande apoio e felicitações pelo trabalho e pela visibilidade da causa. “Para vocês, o meu muito obrigada. E, para quem não entendeu, sinto muito. O mundo está cheio de ódio, por favor, coloque mais amor na sua vida. Mais Maya para vocês”,

E enfatizou em entrevista a UOL que não defende a causa apenas agora, mas sim milita por ela há anos. “Não estou abraçando essa bandeira agora: eu simplesmente nunca a larguei.

 

Fontes: TV Foco e UOL

Popular

ONU alerta para agravamento da insegurança alimentar na América Central

O nível de insegurança alimentar está aumentando fortemente na América Central, onde quatro países enfrentam crises econômicas motivadas pela pandemia do novo coronavírus e catástrofes...

Netflix acrescenta novo filme sobre Pelé no rol de documentários

Um novo filme sobre Pelé é o mais recente lançamento de uma série de documentários que tem sido descrita como a era de ouro...

Flamengo vence Inter de virada e assume a liderança do Brasileiro

O Flamengo venceu o Internacional de virada por 2 a 1 na tarde deste domingo (21) no Maracanã em partida válida pela 37ª rodada do Campeonato...

Após 9º título do Australian Open, Djokovic desabafa sobre críticas: “Sou um ser humano”

Na manhã deste domingo (21), no horário de Brasília, o sérvio Novac Djokovic venceu o russo Daniil Medvedev na final do Aberto da Austrália,...