quinta-feira, dezembro 8, 2022
HomeNacionalLázaro Barbosa: tudo sobre o criminoso

Lázaro Barbosa: tudo sobre o criminoso

Lázaro Barbosa foi procura por 20 dias e investigado por 38 crimes

Lázaro Barbosa de Souza, de 32 anos, morador de Goiás, foi morto em combate pela polícia no dia 28 de junho. O criminoso estava sendo buscado pelas autoridades há 20 dias por crimes nas regiões rurais do Distrito Federal e Goiás. 

A busca por Lázaro teve início no dia 9 de junho, quando foi dado como o principal suspeito pelo assassinato de um casal e seus dois filhos, no Distrito Federal (DF). Foram 20 dias de buscas, que mobilizaram mais de 200 policiais. 

O criminoso estava em fuga na região de Águas Lindas, em Goiás, quando foi encurralado pelos policiais. A polícia trocou tiros com Lázaro que acabou sendo baleado, morrendo no local. 

Quem era Lázaro Barbosa?

Lázaro nasceu na Bahia, na cidade Barra Mendes, localizado a 530 quilômetros de Salvador. Com apenas 20 anos, o baiano já respondia por um homicídio na cidade onde nasceu e cresceu, e seus crimes não terminaram por aí.

No ano de 2011, Lázaro foi preso por estupro e assalto a mão armada. Já no ano de 2018, foi condenado porte ilegal de arma, estupro, roubo e homicídio qualificado. No mesmo ano, depois de alguns meses preso, conseguiu fugir.

Neste ano, o criminoso foi acusado de roubo e porte de arma branca, além de tentativa de latrocínio e aprisionamento de vítimas. Além disso, no início do mês de Junho, Lázaro foi acusado por outros crimes, como invasão de chácaras, na qual, uma das vezes deixou filho e pai trancados e levou a mulher para um matagal, onde a estuprou.

O criminoso se tornou alvo de buscas pelos crimes em massa que praticou. Durante sua fuga, ainda chegou a fazer uma família de refém na região de Cocalzinho (GO). Nessa ocasião, a polícia trocou tiros com Lázaro, que acabou escapando e a família resgatada pela polícia.

A operação de captura de Lázaro Barbosa

Ao todo foram 20 dias de buscas e mais de 270 policiais na operação, que contaram com ajuda de helicópteros, drones com visão noturna, viaturas, rádios especiais, cães farejadores e antenas amplificadores de sinais. A busca ocorreu em matas e rios da região de Goiás.

Após muitos dias de fuga e destruição de evidências por onde passou, Lázaro foi pego e morto no tiroteio contra a polícia, há quatro quilômetros da casa da mãe da sua ex companheira.

De acordo com as autoridades, o criminoso fez ameaças e disparou tiros contra os policiais que revidaram. Após o confronto, o corpo de Lázaro foi levado pela equipe de buscas de Bombeiros até o hospital, e logo depois encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML). 

A captura e morte de Lázaro Barbosa foi comemorada pelos policiais em um vídeo postado nas redes sociais. Além de Lázaro, outras duas pessoas também foram presas durante a operação, são eles: um fazendeiro, de 74 anos, e um caseiro, de 33 anos, que são suspeitos de ajudar o criminoso durante suas fugas. 

Segundo as investigações, Lázaro trabalhava como jagunço e/ou seguranças de alguns fazendeiros em Goiás. Um funcionário, afirmou que os dois homens presos ajudaram Lázaro fornecendo alimentação e proteção, escondendo o criminoso das autoridades em depósitos.

Os exames de autópsia do corpo de Lázaro Barbosa serão usados para concluir as investigações dos crimes que o mesmo é suspeito de cometer. Seu corpo foi velado e enterrado pela família no distrito de Edilândia, localizado em Cocalzinho (GO).

Essas e outras informações sobre casos nacionais, você confere clicando aqui.

 

Com informações do G1 e GHZ.

Popular