terça-feira, maio 18, 2021
Home Educação Inep estabelece regras para evitar aglomerações durante Enem

Inep estabelece regras para evitar aglomerações durante Enem

Regras permitem apenas 50% de ocupação por sala e espaços reservados para grupo de risco

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) estabeleceu regras específicas para reduzir aglomerações durante a aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020, nos locais de prova. Com apenas 50% de ocupação por sala, esta edição contará com 205 mil salas, em 14 mil pontos de aplicação. Divulgação foi feita nesta terça-feira (24), pelo INEP.

Entre as medidas implementadas para o Enem 2020, em virtude da pandemia de COVID-19, estão a disponibilização de álcool em gel aos participantes e a obrigatoriedade do uso de máscara durante a prova. As providências fazem parte do conjunto de medidas preventivas contra a COVID-19. No ano passado, o Enem foi aplicado em 145 mil salas de aplicação, em cerca de 10 mil locais de prova. Ou seja, bem menos do que está sendo projetado para o ano que vem.

Saiba mais: MEC abre mais de 20 mil bolsas em institutos federais e vagas de residência

As provas do Enem 2020 estão marcadas para os dias 17 e 24 de janeiro de 2021 (versão impressa) e 31 de janeiro e 7 de fevereiro de 2021 (versão digital). Além da redução do número de pessoas por ambiente de aplicação, uma sala especial, com ocupação de até 12 pessoas, será destinada aos participantes que, segundo o Ministério da Saúde e a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), são mais vulneráveis à COVID-19.

Fazem parte desse grupo: gestantes, lactantes, idosos e pessoas com condições médicas preexistentes, como cardiopatias, doenças pulmonares crônicas, diabetes, obesidade mórbida, hipertensão, doenças imunossupressoras e oncológicas.

Saiba mais: MEC lança curso de práticas de produção de texto para alfabetizadores

Vale destacar que esses perfis foram previamente identificados na base de inscritos e, assim, alocados nas salas especiais. Portanto, não há necessidade de realizar uma nova solicitação ao Inep, já que todas as providências necessárias foram adotadas. É importante lembrar, ainda, que o ‘ensalamento’ oferecido a esse grupo será diferenciado, mas não individualizado, já que a sala individual é destinada, em geral, aos participantes que necessitam de auxílio para leitura.

Atendimento especializado

O Inep permite a solicitação de atendimento especializado, após o período de inscrições, em até dez dias antes da aplicação do exame. Enquadram-se nessa situação somente os participantes com deficiência que necessitam de recurso de prova não solicitado no momento da inscrição. Entretanto, é fundamental estar ciente que a disponibilização do recurso também não é automática.

Pessoas acometidas por doenças infectocontagiosas, também poderão participar da reaplicação do Enem. Nesses casos, a condição deverá ser comunicada, por meio da Página do Participante, antes da aplicação do exame.

São doenças infectocontagiosas para fins de solicitação de reaplicação do Enem 2020 impresso: coqueluche, difteria, doença invasiva por Haemophilus influenza, doença meningocócica e outras meningites, varíola, Influenza humana A e B, poliomielite por poliovírus selvagem, sarampo, rubéola, varicela e COVID-19.

Medidas de segurança

Entre as medidas implementadas para o Enem 2020, em virtude do contexto de pandemia de COVID-19, estão a disponibilização de álcool em gel aos participantes e a obrigatoriedade do uso de proteção facial durante a prova.

O participante poderá levar mais de uma máscara para troca ao longo do dia. As máscaras serão verificadas pelos fiscais para evitar possíveis infrações, respeitando a distância recomendada.

Profissionais que irão trabalhar nos dias de prova, entre aplicadores, fiscais e demais colaboradores, também estão sendo capacitados por meio de cursos a distância, para se adequarem às medidas de segurança sanitária.

Ao todo, 5.783.357 inscrições foram confirmadas para o Enem 2020. Desse total, 5.687.271 correspondem a inscritos na versão impressa do exame, enquanto 96.086 pessoas optaram por fazer a versão digital.

Popular

Olimpíada de Tóquio está confirmada mesmo com piora da covid-19 no Japão

A chefe da Olimpíada de Tóquio, Seiko Hashimoto, disse nesta sexta-feira (16) que o Japão está comprometido a realizar Jogos seguros no verão local,...

OMS: taxa de infecção por covid-19 está próxima do valor mais alto

O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom, disse hoje (16) que o número de novos casos de covid-19 por semana, em...

1,5 milhão de brasileiros estão com segunda dose da vacina contra covid-19 atrasada

Cerca de 1,5 milhão de brasileiros estão com a segunda dose da vacina contra a covid-19 atrasada. O dado foi trazido nesta terça-feira (13)...

Caixa inicia pagamento do auxílio emergencial a nascidos em abril

Trabalhadores informais nascidos em abril começam a receber hoje (13) a nova rodada do auxílio emergencial. O benefício terá parcelas de R$ 150 a...