sábado, maio 15, 2021
Home Economia Turismo registra quarto mês de crescimento, aponta IBGE

Turismo registra quarto mês de crescimento, aponta IBGE

Índice de atividades turísticas teve alta de 19,3% entre julho e agosto

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), divulgada esta semana, o índice de atividades turísticas cresceu 19,3% em agosto, em relação ao mês anterior (julho). Os destaques vão para os serviços de alojamento e alimentação que apresentaram alta de 37,9% e o de transporte aéreo, com crescimento de 14,6% no período. Entre maio e agosto, o setor de turismo já acumulou um ganho de 63,4%.

Para o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, os números indicam que as ações tomadas pelo Governo Federal, por meio do Ministério do Turismo, ajudaram a reduzir o impacto da pandemia de Covid-19 no setor. “Trabalhamos pela manutenção de empregos, acesso a crédito, aprimoramento da relação entre o consumidor e as empresas turísticas e, neste momento de retomada, pela garantia de segurança sanitária para os turistas…”, destacou.

Entre os estados avaliados, Ceará (85,4%), Bahia (48,4%) e Goiás (47,1%) foram os que apresentaram as maiores taxas de crescimento para o período, no setor do Turismo. Nos três estados tiveram uma forte incidência de turistas pelas regiões.

Saiba mais: Inflação para idosos acumula alta de quase 4% nos últimos 12 meses

Realizada pelo IBGE, a Pesquisa Mensal de Serviços produz indicadores que permitem acompanhar o comportamento conjuntural do setor de serviços no país. O levantamento traz a receita bruta de serviços nas empresas formalmente constituídas, com 20 ou mais pessoas ocupadas, que desempenham como principal atividade um serviço não financeiro, excluídas as áreas de saúde e educação.

RECEITA NOMINAL – Outro índice que cresceu foi o da receita nominal das atividades turísticas. O número teve alta de 25,9% entre julho e agosto, percentual mais alto dos últimos três meses. O destaque foi para os estados da Bahia (52,1%), Ceará (50,1%) e Paraná (49,9%).

Saiba mais: Reforma administrativa do Executivo recebe apoio do Congresso

Volume de Serviços

O volume de serviços também teve um aumento significativo. Divulgado ontem (14) pelo IBGE, estudo aponta crescimento de 2,9% no volume de serviços. Regionalmente o crescimento entre 21 das 27 unidades da federação tiveram expansão no volume de serviços em agosto, acompanhando o avanço observado nacionalmente.

Entre os locais em alta nesse mês, São Paulo (2,5%) exerceu o impacto positivo mais importante. Outras contribuições positivas relevantes vieram de Minas Gerais (5,8%), do Rio de Janeiro (1,9%) e de Santa Catarina (3,4%). Em contrapartida, Mato Grosso (-2,7%) e Tocantins (-5,5%) registraram as principais retrações.

Na série com ajuste sazonal, esta foi a terceira taxa positiva seguida, acumulando alta de 11,2%, no período. Esse resultado sucedeu uma sequência de quatro taxas negativas, entre fevereiro e maio, com perda acumulada de 19,8%.

Na série sem ajuste sazonal, frente a agosto de 2019, o volume de serviços recuou 10,0%, sua sexta taxa negativa seguida nessa comparação. O acumulado no ano caiu 9,0% frente ao mesmo período de 2019.

A taxa dos últimos 12 meses recuou 5,3% em agosto de 2020, mantendo a trajetória descendente iniciada em janeiro de 2020 e chegando ao resultado negativo mais intenso da série deste indicador, iniciada em dezembro de 2012.

Popular

Olimpíada de Tóquio está confirmada mesmo com piora da covid-19 no Japão

A chefe da Olimpíada de Tóquio, Seiko Hashimoto, disse nesta sexta-feira (16) que o Japão está comprometido a realizar Jogos seguros no verão local,...

OMS: taxa de infecção por covid-19 está próxima do valor mais alto

O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom, disse hoje (16) que o número de novos casos de covid-19 por semana, em...

1,5 milhão de brasileiros estão com segunda dose da vacina contra covid-19 atrasada

Cerca de 1,5 milhão de brasileiros estão com a segunda dose da vacina contra a covid-19 atrasada. O dado foi trazido nesta terça-feira (13)...

Caixa inicia pagamento do auxílio emergencial a nascidos em abril

Trabalhadores informais nascidos em abril começam a receber hoje (13) a nova rodada do auxílio emergencial. O benefício terá parcelas de R$ 150 a...