terça-feira, maio 18, 2021
Home Ambiente Fiocruz e governo promovem capacitação virtual sobre plantas medicinais

Fiocruz e governo promovem capacitação virtual sobre plantas medicinais

Videoaulas ficarão disponíveis na internet com acesso livre

Fortalecer e aprimorar as cadeias de plantas medicinais para alimentos, cosméticos e fitoterápicos, impulsionar o acesso a mercados e o desenvolvimento da bioeconomia. Esses são os objetivos da “Oficina Virtual de Capacitação do Projeto ArticulaFito – Cadeias de Valor em Plantas Medicinais” promovida pelo Ministério da Agricultura (Mapa) em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) que se encerrou neste domingo (8).

Devido à pandemia, a edição de 2020 foi realizada virtualmente, por meio de videoaulas. Com 517 inscritos, as atividades tiveram início no dia 22 de setembro e encerram neste domingo (8).

Saiba mais: Mais de 3 mil espécies de animais e plantas estavam ameaçadas de extinção, aponta IBGE

A capacitação é voltada para pequenos agricultores, agricultores familiares, extrativistas, indígenas, quilombolas e demais povos e comunidades tradicionais, empreendimentos da agricultura familiar, agentes de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater), profissionais de saúde, profissionais de educação e pesquisadores.

“As atividades ocorrem no âmbito do projeto ArticulaFito, que tem esse objetivo maior de trabalhar a inserção de agricultores familiares e povos e comunidades tradicionais nessas cadeias de valores das plantas medicinais”, ressalta o coordenador-geral de Extrativismo da Secretaria de Agricultura Familiar e Cooperativismo do Mapa, Marco Pavarino.

Saiba mais: Cultivo de aveia do Brasil ganha estudo de risco climático

A agricultora familiar e educadora do campo Ana Alice Pereira, da Cooperativa Agropecuária dos Produtores Familiares Irituienses (D’irituia), localizada no nordeste paraense, conta que não perdeu uma videoaula e destaca a importância da troca de experiências nas atividades virtuais.

Essa é uma iniciativa que dá oportunidade e proporciona a abertura dos caminhos. A gente vislumbra futuros e veredas a serem desvendadas. Os mistérios são revelados através de todo o conhecimento que a gente consegue captar durante as capacitações.”, diz a agricultora.

Todo material didático utilizado na capacitação, incluindo as apresentações dos palestrantes, ficará disponível na “Biblioteca Temática Virtual do ArticulaFito”, na página do projeto no Facebook. Para acessar o material, basta clicar na opção “Grupos”, no menu superior da página, escolher o tema de interesse e clicar no material que deseja baixar.

Devido à procura pelo evento online, a coordenação do projeto anunciou que realizará capacitações continuadas. A próxima, sobre Cultivo de Plantas Medicinais em Sistemas Agroflorestais, está prevista para o final de novembro.

Projeto ArticulaFito

A oficina virtual de capacitação faz parte das atividades do Projeto Cadeias de Valor em Plantas Medicinais – ArticulaFito, que busca fortalecer a base produtiva de plantas medicinais no país. O projeto prevê a articulação dos segmentos envolvidos na produção dessas plantas, como órgãos e instituições de saúde e agricultura.

Como também instituições de ensino, atores individuais, comitês e demais organizações sociais, passando por todos os elos das cadeias, desde a produção da matéria-prima até o consumo final.

Utilizando a metodologia Value-links B, que tem como premissa o respeito às especificidades culturais, manutenção da qualidade ambiental e sustentabilidade dos meios de vida das populações tradicionais, foram mapeadas as cadeias produtivas de 25 espécies de plantas medicinais de quatro biomas brasileiros (Amazônia, Caatinga, Mata Atlântica e Pampas).

O projeto estimula arranjos produtivos locais e ações voltadas à promoção da saúde, geração de emprego e renda, uso sustentável da biodiversidade, estruturação de mercados e a ampliação do acesso a plantas medicinais e fitoterápicos no Sistema Único de Saúde (SUS).

Reconhecendo o papel de protagonismo dos agricultores familiares, povos e comunidades tradicionais, extrativistas, povos indígenas e assentados da reforma agrária neste processo.

Popular

Olimpíada de Tóquio está confirmada mesmo com piora da covid-19 no Japão

A chefe da Olimpíada de Tóquio, Seiko Hashimoto, disse nesta sexta-feira (16) que o Japão está comprometido a realizar Jogos seguros no verão local,...

OMS: taxa de infecção por covid-19 está próxima do valor mais alto

O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom, disse hoje (16) que o número de novos casos de covid-19 por semana, em...

1,5 milhão de brasileiros estão com segunda dose da vacina contra covid-19 atrasada

Cerca de 1,5 milhão de brasileiros estão com a segunda dose da vacina contra a covid-19 atrasada. O dado foi trazido nesta terça-feira (13)...

Caixa inicia pagamento do auxílio emergencial a nascidos em abril

Trabalhadores informais nascidos em abril começam a receber hoje (13) a nova rodada do auxílio emergencial. O benefício terá parcelas de R$ 150 a...