segunda-feira, dezembro 6, 2021
Home Esportes Final inédita do Brasileirão Feminino: Corinthians e Avaí/Kindermann

Final inédita do Brasileirão Feminino: Corinthians e Avaí/Kindermann

Com o empate, a decisão ficou para o último jogo que será no dia 6 de dezembro, na Neo Química Arena

Ontem (22), Avaí/Kindermann x Corinthians editaram uma final inédita no Brasileirão Feminino A-1. Finalistas em outras oportunidades, desta vez, as duas equipes mediram forças na edição de 2020. Em um duelo acirrado, o primeiro jogo da grande decisão terminou empatado em 0 a 0, deixando a grande decisão do campeão para o duelo da volta, no dia 6 de dezembro, na Neo Química Arena, em São Paulo (SP).

Fora dos holofotes da grande decisão, a final contou com bastidores agitados, nove jogadoras foram convocadas para a Seleção Feminina em campo, presença da comissão técnica da técnica Pia Sundhage, novo patch para as finais, bola personalizada e troféu de Craque da Partida.

Saiba mais: Em último jogo do ano, Brasil enfrenta o Uruguai fora de casa

O jogo

O Avaí/Kindermann até criou a primeira chance da final, logo dois minutos, em chute de Bruna. Mas foi o Corinthians que tomou conta das ações. Aos 13, Tamires bateu bonito e parou em grande defesa de Bárbara, no rebote Grazi tentou o domínio, mas viu a bola escapar pela linha de fundo.

Na sequência, Adriana arriscou chute levando perigo à meta adversária. Gradualmente, o jogo do Alvinegro perdeu intensidade. Já aos 42, a equipe catarinense voltou ao ataque com Lelê. Enquanto o Timão respondeu em cabeçada de Grazi.

Saiba mais: Depois do empate no Maracanã, saiba quais são os próximos jogos do Flamengo

Depois das conversas nos vestiários, o duelo voltou em ritmo acelerado. Catyellen, aos dez, finalizou de fora da área, mas Lelê voou para evitar o gol do time da casa. A resposta alvinegra veio três minutos depois, com Gabi Zanotti, e dessa vez Bárbara foi quem brilhou debaixo do poste.

Aos 18, as Caçadoras tiveram mais uma oportunidade em cobrança de falta de Julia, que passou rente à trave. A decisão seguiu bem disputada, com as duas equipes buscando o gol o tempo todo. Já na marca dos 32, Adriana arriscou mais uma para o Corinthians. Gabi Portilho, aos 35, também chegou para os visitantes. O Timão ainda tentou uma pressão final, mas não conseguiu balançar as redes.

Relembre a trajetória do Timão neste campeonato

Nos últimos anos, quando o assunto é Campeonato Brasileiro Feminino A-1, o Corinthians se tornou sinônimo de força e tradição. Pela quarta vez consecutiva na final do campeonato.

Desde a primeira rodada, o Corinthians tem dominado o Campeonato Brasileiro. O Timão detém tanto os recordes ofensivos quanto defensivos do torneio – números, estes, que se traduzem em soberania em campo. Em 19 jogos disputados até então, o clube paulista soma 53 gols (média de quase 3 por partida) e também é dono da defesa menos vazada da competição, com apenas 8 gols sofridos (menos de 0,5 por jogo).

A campanha do Timão nos pontos corridos beirou à perfeição. Dos 45 pontos possíveis, o Alvinegro conquistou 42. O retrospecto de 14 vitórias e apenas uma derrota rendeu a liderança folgada ao Timão, que se classificou antecipadamente como líder. O Santos, segundo colocado, ficou a nove pontos de distância do Corinthians na tabela de classificação.

Durante esta trajetória, alguns triunfos se destacaram – como as goleadas por 6 a 0 sobre o Vitória e 7 a 0 na Ponte Preta, válidos pelas rodadas de número 11 e 14, respectivamente. O único revés sofrido pelo Timão no Brasileirão 2020 foi para o São Paulo, rival regional, quando foi superado por 2 a 0 na 4ª rodada.

Com a liderança assegurada na fase de pontos corridos, o Corinthians enfrentou o Grêmio, oitavo colocado, nas Quartas de Final. Por ser dono da melhor campanha, o Timão garantiu o direito de decidir a vaga nas semifinais em casa.

No entanto, a equipe paulista praticamente liquidou a fatura logo no jogo de ida. Mesmo longe de seus domínios, o Timão venceu o Tricolor Gaúcho em Porto Alegre por 3 a 0. Na partida de volta, novo triunfo das Alvinegras – desta vez por 2 a 1.

No último obstáculo antes da grande final, o Corinthians teve mais um grande desafio pela frente. O Palmeiras prometia ser o teste de fogo do Alvinegro na competição. No jogo de ida, esse cenário se confirmou – empate sem gols no Allianz Parque e decisão em aberto para a partida de volta, na Neo Química Arena.

O Timão mostrou toda sua força coletiva e conseguiu uma vitória significativa de 3 a 0 sobre o Verdão, na última segunda-feira. O resultado garantiu a quarta final consecutiva de Brasileiro Feminino para as Alvinegras, um recorde entre os clubes participantes.

Popular

Matheus Cunha, Vini Jr e Raphinha dominam seleção e ganham espaço com Tite

Jovens desbancam jogadores consagrados para ocuparem lugar de destaque na equipe um ano antes da Copa do Mundo Faltando um ano para a Copa do...

Quem é Millie Bobby Brown?

Millie Bobby Brown é uma atriz e cantora britânica nascida na Espanha Nascida no dia 19 de fevereiro de 2004, em Marbella, localizada na Espanha,...

Confira o resultado da Federal do sábado (4)

O último resultado da Federal saiu no sábado, dia 4 de setembro O resultado da Loteria Federal do Concurso 5564 foi disponibilizado na noite do...

Fomento mercantil: o que é e qual o objetivo

Fomento mercantil é uma prática para pequenas e médias empresas O fomento mercantil ou comercial e como também é conhecido, factoring é um prática de...

Conheça os 9 melhores sites de emprego

Com a internet sites de emprego se tornaram populares entre profissionais sem ocupação. Confira os melhores sites de emprego no Brasil Uma das coisas mais...

Veja mais de 30 marcas que testam em animais

Marcas que testam em animais ganham visibilidade negativa na mídia  Os testes em animais não é algo recente e muitas marcas de cosméticos têm essa...

Caso Evandro vira podcast e série documentário

O caso Evandro aconteceu em abril de 1992 em Guaratuba no Paraná Em 1992, no dia 6 de abril, em Guaratuba, no litoral do Paraná,...

Palmeiras na Libertadores: elimina São Paulo e está na semifinal

Palmeiras na Libertadores continua a ser sinónimo de sucesso. O clube se tornou o primeiro time brasileiro nas semifinais da atual edição...