sexta-feira, maio 20, 2022
HomeNacionalCaso Suzane Von Richthofen: 20 anos após o crime

Caso Suzane Von Richthofen: 20 anos após o crime

Caso Suzane Von Richthofen ocorreu em 2002 e focou o Brasil inteiro

No ano de 2002, o Brasil entrou em choque com o Caso de Suzane Von Richthofen. Uma jovem que junto de seu namorado Daniel Cravinhos e de Cristian (irmão de Daniel), arquitetaram um plano para matar Manfred e Marísia Richthofen, os pais de Suzane, para ficar com a herança do casal.

Daniel e Suzane se conheceram em 1999, mesmo ano em que começaram a namorar. O namoro, segundo os dois, nunca foi apoiado pelos pais de Suzane. Em outubro de 2002, os três jovens cometeram o assassinato, matando os Manfred e Marísia com marteladas na cabeça. 

Os acusados foram presos pouco tempo depois de cometerem o crime e julgados em 2006, onde Suzane e Daniel foram condenados a 39 anos e seis meses de prisão. O irmão de Daniel, Cristian foi condenado a 38 anos e seis meses de reclusão. 

Como estão Suzane Von Richthofen e Daniel e Cristian Cravinho nos dias de hoje?

Após 20 anos do crime, ambos continuam presos. Suzane Von Richthofen, hoje tem 37 anos e desde 2015 cumpre regime semiaberto na prisão, com direito a seis saídas no ano: na Páscoa, nos Dia das Mães, Pais e Crianças, no Natal e no Réveillon.

Em setembro de 2020, após realizar a prova do ENEM, Suzane conseguiu o direito de cursar o curso de Farmácia. Com sua nota também conseguiria cursar o curso de Gestão de Turismo, mas teve o pedido negado por uma juíza. 

Já Daniel Cravinho também cumpre sua condenação em regime semiaberto, após conseguir o direito em 2013. No ano de 2018, conseguiu uma nova liberação, onde foi liberado para cumprir sua pena em regime aberto. Daniel tem 40 anos nos dias de hoje e é casado com a biomédica Alyne Bento, que já perdeu dois empregos, após seus chefes descobrirem com quem é casada.

Cristian cumpre sua pena em regime semiaberto desde 2017, mas foi preso novamente após uma briga em um bar. Seu regime teve um aumento de cinco anos, pois ao ser abordado pela polícia Cristian portava munição de uso restrito e além disso, tentou subornar os policiais.

Caso Suzane Von Richthofen vira filme na Amazon Prime 

Após 20 anos do crime, a Amazon Prime lançou o filme “A menina que matou os pais” e “O menino que matou meus pais”, baseado nas versões de Suzane Von Richthofen e Daniel Cravinho sobre o crime.

Suzane foi interpretada pela atriz Carla Diaz e Daniel pelo ator Leonardo Bittencourt. O filme estreou na plataforma no dia 24 de setembro de 2021 e foi muito comentado nas redes sociais, principalmente pela grande atuação de Carla Diaz.

Mas algumas polêmicas surgiram com o lançamento dos filmes, sendo a principal um questionamento dos brasileiro: Os acusados receberam dinheiro pelo filme?. A resposta é não, a justiça negou qualquer tipo de pagamento aos acusados. 

Além disso, por se tratar de um caso público, os mesmos não tiveram nenhum envolvimento durante a produção dos longas. Todo o roteiro foi baseado nos autos dos processos e foram assinados pelos criminologias que acompanharam de perto o caso na época, Raphael Montes e Ilana Casoy.

Confira também o nosso artigo sobre o Caso Evandro, clicando aqui!

Popular