sexta-feira, fevereiro 26, 2021
Home Economia Em meio a Brexit, ministro das finanças britânico se reúne com Paulo...

Em meio a Brexit, ministro das finanças britânico se reúne com Paulo Guedes

Autoridades dos dois países discutiram recuperação econômica global, clima e finanças verdes, serviços financeiros e infraestrutura

Autoridades brasileiras e britânicas realizaram nesta quinta-feira (10) o 4° Diálogo Econômico Financeiro entre Brasil e Reino Unido. O encontro virtual foi comandado pelo ministro brasileiro da Economia, Paulo Guedes, e o ministro das Finanças do Reino Unido, Rishi Sunak.

Também participaram da reunião o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, o governador do Bank of England, Andrew Bailey, o presidente da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), Marcelo Barbosa, o chefe executivo da Financial Conduct Authority do Reino Unido, Nikhil Rathi, e integrantes da equipe dos governos brasileiro e britânico.

Saiba mais: Moedas digitais acumulam valorização de 98,8%; como investir?

O encontro foi dividido em quatro sessões. Na primeira, o destaque foi o tema Coronavírus e a Recuperação Econômica Global. Os dois países trataram da resposta à pandemia, com foco nas prioridades domésticas e políticas para recuperação econômica. “Mesmo no período mais agudo da pandemia Covid-19, nossos países juntaram esforços para uma recuperação”, afirmou o ministro Paulo Guedes.

Nessa sessão, também estiveram em pauta a cooperação em temas multilaterais, a acessão do Brasil à Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), o Plano de Ação do G20 e os desafios a serem superados para a negociação de um acordo de bitributação entre os dois países.

Saiba mais: Indígenas de Rondônia e Mato Grosso lançam criptomoeda

A Segunda Sessão se concentrou em Clima e Finanças Verdes, abordando ações que ajudarão a pavimentar o caminho para uma recuperação sustentável. Nesse aspecto, também entraram em pauta a formulação de parcerias entre Brasil e Reino Unido em finanças verdes, e foram discutidas a integração de riscos climáticos no sistema financeiro e soluções climáticas globais, incluindo o mercado internacional de carbono.

Cooperação

A terceira sessão foi voltada para Serviços Financeiros, incluindo cooperação bilateral em serviços financeiros, reformas setoriais e liberais em progresso desde 2018 em áreas como fundos de pensão, seguros e resseguros e fintechs. Também foi abordada a cooperação regulatória em sistemas de pensões, open banking e pagamentos.

Na quarta e última parte, os dois países trataram de Infraestrutura, abordando recomendações da UK-Brazil Infrastructure and Capital Markets Task Force. Foi realizada uma apresentação dos copresidentes do Grupo de Trabalho contendo planos para o futuro e suas recomendações aos ministros.

Durante a reunião, também foram abordados outros projetos desenvolvidos com o suporte do Prosperity Fund, especialmente aqueles que buscam apoiar a acessão do Brasil à OCDE, como preços de transferência, proteção dos direitos de acionistas minoritários, empresas estatais e meio ambiente.

Programas de parceira Brasil e Reino Unido

  • UK-Brazil Infrastructure and Capital Markets Task Force: reúne governo e empresas do Brasil e do Reino Unido para discutir barreiras ao comércio de infraestrutura e investimento. Suas recomendações são incorporadas em um Action Plan e colocadas em prática com o apoio de vários programas do Reino Unido.
  • United Kingdom Sustainable Infrastructure Program (UK SIP): apoia políticas ou reformas de infraestrutura sustentável. O Programa de US$ 250 milhões, implementado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), apoiará projetos no Brasil, Colômbia, México e Peru. Entre 10% e 20% dos recursos serão voltados para assistência técnica e 80-90% para empréstimos concessionais.
  • Prosperity Fund: é um fundo interministerial do governo britânico destinado a impulsionar o crescimento econômico e o desenvolvimento sustentável dos países em desenvolvimento. Até março de 2023, o Fundo deve investir £ 1,2 bilhão em países em desenvolvimento.
    Para o Brasil, deve destinar aproximadamente £ 110 milhões nas áreas de Facilitação de Comércio, Ambiente de Negócios, Saúde, Educação, Energia, Finanças Verdes, Cidades Inteligentes e Acesso Digital.
  • Prosperity Fund Global Infrastructure Programme: promove eventos de capacitação para funcionários brasileiros em metodologias de infraestrutura, como o 5 Case Model e o Building Information Modeling (BIM).
  • Prosperity Fund Programme on Green Finance: lançou o Brazil Green Finance Programme (BGFP). Visa atrair investimentos privados para projetos em infraestrutura sustentável no Brasil, a partir de alavancagem de recursos públicos. Desenvolve e implementa metodologias ESG (Meio Ambiente, Governança, Social) nos mandatos e políticas de bancos de desenvolvimento, como BNDES e Caixa, com quem há acordos de cooperação.

Popular

ONU alerta para agravamento da insegurança alimentar na América Central

O nível de insegurança alimentar está aumentando fortemente na América Central, onde quatro países enfrentam crises econômicas motivadas pela pandemia do novo coronavírus e catástrofes...

Netflix acrescenta novo filme sobre Pelé no rol de documentários

Um novo filme sobre Pelé é o mais recente lançamento de uma série de documentários que tem sido descrita como a era de ouro...

Flamengo vence Inter de virada e assume a liderança do Brasileiro

O Flamengo venceu o Internacional de virada por 2 a 1 na tarde deste domingo (21) no Maracanã em partida válida pela 37ª rodada do Campeonato...

Após 9º título do Australian Open, Djokovic desabafa sobre críticas: “Sou um ser humano”

Na manhã deste domingo (21), no horário de Brasília, o sérvio Novac Djokovic venceu o russo Daniil Medvedev na final do Aberto da Austrália,...