domingo, janeiro 16, 2022
Home Saúde Anvisa autoriza retomada de estudos com vacina Coronavac

Anvisa autoriza retomada de estudos com vacina Coronavac

Vacina chinesa teve testes suspensos na segunda-feira por causa de “evento adverso grave” com um voluntário

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou nesta quarta-feira (11), que autorizou a retomada do estudo clínico relacionado à vacina Coronavac, que tem como patrocinador o Instituto Butantan. A agência, ainda explicou os motivos técnicos que levaram a esta decisão, além de apresentar os fatos no momento da suspensão e os fatos novos que motivaram a autorização da retomada.

  • a gravidade do evento;
  • a precariedade dos dados enviados pelo patrocinador naquele momento;
  • a necessidade de proteção dos voluntários de pesquisa; e
  • a ausência de parecer do Comitê Independente de Monitoramento de Segurança.

A medida, de caráter exclusivamente técnico, levou em consideração os dados que eram do conhecimento da Anvisa até aquele momento e os preceitos científicos e legais que devem nortear as ações da Agência, especialmente o princípio da precaução, que prevê a prudência, a cautela decisória quando o conhecimento científico não é capaz de afastar a possibilidade de dano.” afirmou em nota.

Saiba mais: MEC divulga bolsas e vagas de ensino superior

Ainda segundo a agência, após avaliar os novos dados apresentados pelo patrocinador depois da suspensão do estudo, a agência entendeu que tem subsídios suficientes para permitir a retomada da vacinação e segue acompanhando a investigação do desfecho do caso para que seja definida a possível relação de causalidade entre o Evento Adverso Grave (EAG)* inesperado e a vacina.

*Em respeito à privacidade e integridade dos voluntários de pesquisa, a Anvisa não está divulgando a natureza do EAG.

“É importante esclarecer que uma suspensão não significa necessariamente que o produto sob investigação não tenha qualidade, segurança ou eficácia. A suspensão e a retomada de estudos clínicos são eventos comuns em pesquisa clínica e todos os estudos destinados a registro de medicamentos que estão autorizados no país são avaliados previamente pela Anvisa com o objetivo de preservar a segurança dos voluntários do estudo”, declarou a Agência.

 

Popular

De onde vem o aroma da baunilha?

Quem não gosta de alimentos com sabor de baunilha, não é mesmo? Mas você sabe de onde vem o aroma da baunilha? Alimentos doces, como...

Como foi a gripe espanhola no Brasil?

A pandemia de gripe espanhola no Brasil ocorreu entre os anos de 1918 e 1920 A gripe espanhola é o nome dado a uma pandemia...

10 dicas úteis para combater o stress

Aprender a reconhecer o estresse O primeiro passo para controlar o estresse é reconhecer sua presença em sua vida. Todo mundo experimenta este estado de...

Top 8 jogos mais jogados do mundo

Nos dias de hoje, existem muitos jogos, mas há aqueles mais jogados em todo o mundo Seja no computador ou celular, os jogos estão presentes...

Como usar o gerenciador de anúncios Face Ads?

Gerenciadores de anúncios são ótimas ferramentas para colocar em prática planos de Marketing Digital O Face Ads ou como também é conhecido o Facebook Ads...

O que é manchete e como escrever?

Manchetes são títulos de destaque, geralmente usados em noticiários Jornais e revistas costumam utilizar vários aspectos e recursos para chamar a atenção do leitor, como...

Saiba tudo sobre a síndrome de Tourette

Síndrome de Tourette é uma doença neurológica que afeta o emocional das pessoas A síndrome de Tourette é uma doença neurológica que afeta emocionalmente as...

Adesivo anticoncepcional: o que é e como funciona

Adesivo anticoncepcional possui 91% de eficácia e deve ser usado com receita médica Existem alguns contraceptivos para mulheres, como a pílula anticoncepcional, implante anticoncepcional, dispositivo...