segunda-feira, março 1, 2021
Home Nacional Depois de Alagoas, Espírito Santo tem primeiras cidades com saneamento privatizado

Depois de Alagoas, Espírito Santo tem primeiras cidades com saneamento privatizado

Empresa vencedora de leilão deverá investir R$ 580 milhões em 30 anos

A Aegean Company foi a vencedora do leilão de parceria público-privada (PPP) do esgotamento sanitário de Cariacica e de alguns bairros de Viana, na região metropolitana de Vitória, no Espírito Santo. O leilão foi realizado pela B3, em São Paulo, na manhã de terça-feira (20). No total, a empresa terá que investir R$ 580 milhões em 30 anos, sendo que R$ 180 milhões devem ser desembolsados logo nos cinco primeiros anos. No total, cerca de 423 mil habitantes serão impactados pelo acordo.

Saiba mais: Após meses fechada, fronteira Brasil-Paraguai é reaberta

Participaram do evento o governador do Espírito Santo, Renato Casagrande (PSB), e o diretor de Infraestrutura, Concessões e PPPs do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Fábio Abrahão.

Sete concessionários disputaram o certame. Os serviços serão realizados em parceria com a Companhia Espírito-santense de Saneamento (Cesan) e o objetivo da PPP é a universalização do acesso à rede de esgotamento até o décimo ano de contrato. Atualmente, a cidade capixaba conta com apenas 48,3% de coleta de esgoto.

Este é o segundo leilão no setor de saneamento básico desde a sanção do novo marco regulatório, em julho deste ano. O primeiro ocorreu em 30 de setembro e selecionou a concessionária que será responsável pelos serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário da Região Metropolitana de Maceió, composta por 13 municípios.

Saiba mais: 42 mil venezuelanos recebem novas oportunidades de vida no Brasil

De acordo com o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, ambas as licitações realizadas sob as novas regras foram um sucesso. “O Marco Legal do Saneamento, aprovado pelo presidente Jair Bolsonaro, garante segurança jurídica para investimentos no setor e uma maior previsibilidade, o que contribuiu para o grande número de interessados”, explicou Marinho.

O secretário do MDR, Pedro Maranhão, participou do leilão e ressaltou que o Brasil está no caminho certo. “Estamos muito contentes com este acerto do Governo Federal em chamar a iniciativa privada para o setor de saneamento. Só assim vamos conseguir atender mais de 100 milhões de pessoas que não têm esgoto e outras 35 milhões que não têm abastecimento de água”, afirmou.

O MDR é o responsável por implementar e orientar as diretrizes das políticas públicas de saneamento básico no País. O projeto para a Parceria Público Privada foi estruturado pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), em parceria com o Governo do Estado do Espírito Santo.

Marco Legal do Saneamento

O novo Marco Legal do Saneamento tem como principal objetivo estruturar um ambiente de segurança jurídica, competitividade e sustentabilidade, a fim de atrair novos investimentos para universalizar e qualificar a prestação do serviço no setor.

A meta do Governo Federal é alcançar a universalização dos serviços de saneamento básico até 2033, garantindo que 99% da população brasileira tenha acesso à água potável e 90% ao tratamento à coleta de esgoto.

Popular

ONU alerta para agravamento da insegurança alimentar na América Central

O nível de insegurança alimentar está aumentando fortemente na América Central, onde quatro países enfrentam crises econômicas motivadas pela pandemia do novo coronavírus e catástrofes...

Netflix acrescenta novo filme sobre Pelé no rol de documentários

Um novo filme sobre Pelé é o mais recente lançamento de uma série de documentários que tem sido descrita como a era de ouro...

Flamengo vence Inter de virada e assume a liderança do Brasileiro

O Flamengo venceu o Internacional de virada por 2 a 1 na tarde deste domingo (21) no Maracanã em partida válida pela 37ª rodada do Campeonato...

Após 9º título do Australian Open, Djokovic desabafa sobre críticas: “Sou um ser humano”

Na manhã deste domingo (21), no horário de Brasília, o sérvio Novac Djokovic venceu o russo Daniil Medvedev na final do Aberto da Austrália,...